Aprenda a fotografar em 7 lições

Imagem

Passei um período inteiro da faculdade ouvindo meu professor de fotografia falar que a gente não precisa pagar um curso de fotografia pra aprender a fotografar bem, que na internet mesmo a gente encontraria vários sites, que contiam informações boas e suficientes, equivalentes a um curso mesmo. Bom, confesso que durante todo esse tempo, eu ignorei o que o homi falava, e sei lá, também tinha preguiça de ficar procurando, mas toda a minha vida mudou quando eu conheci a apostila Aprenda a fotografar em 7 lições, feita pela santa da Claudia Regina. Ela basicamente ensina quase tudo que eu aprendi durante um período inteiro na faculdade, e de uma forma bem mais simples e fácil de entender. O melhor de tudo é que você pode baixar ela gratuitamente, sim isso mesmo galeran, vocês podem fazer um curso de fotografia sem gastar um tostão e sem nem sair de casa. 

Eu espero que seja bem útil pra vocês, porque sinceramente foi muito útil pra mim. Não esqueçam de dar uma olhada no blog deles também, dicas de fotografia, tem sempre um monte de conteúdo bem legal lá. Como eu já disse, a apostila é inteiramente gratuita, mas caso vocês queiram, podem fazer uma doação de qualquer valor, por transferência, boleto ou cartão de crédito.

Clique aqui para doar

Clique aqui para baixar a apostila

 

 

Esta apostila está sob a licença Creative Commons | Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença.

 

Raiana Moraes

Fotografia surrealista de Czlowiek Kamera

Czlowiek Kamera (“homem-camera” em polônes), é um cara que faz um trabalho sensacional, uma verdadeira arte com a fotografia. Suas fotos chegam a nos dar um nervosinho e aflição, mas isso porque a proposta é que elas desafiem nosso senso comum. Dêem só uma olhada!

ImagemImagemImagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Além das fotos, ele também produz uns videos, que seguem a mesma linha surrealista e lúdica que eu tanto amo, e já são a sua marca registrada.

Pra ver mais entrem aqui: http://www.czlowiek.tv/

Raiana Moraes

Whale Sharks

Queridíssimos, ontem eu vi uma coisa que me deixou simplesmente hipnotizada. O fotógrafo Shawn Heinirchs, super engajado em causas de preservação da vida marinha, e o fotógrafo de moda Kristian Schimidt, se juntaram para criar a série de fotografias Whale Sharks.

Com um papo direcionado à proteção desses animais ameaçados de extinção, as fotos foram tiradas embaixo d’água (sim!), mostrando a “interação” entre tubarões-baleia (os maiores peixes que existem, o bicho chega a 12m e 13 toneladas) e modelos extremamente produzidas. A idéia era fazer as corajosas virarem verdadeiras “sereias”.

Parece meio impossível não é? Mas é verdade, as fotos foram tiradas numa área bem remota das Filipinas, em Oslob. Dá uma conferida no material!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Olha como foram feitas!:

Imagem

Gostaram? Então, a fonte disso tudo ai é a Zupi, minha revista de artes favorita no universo. Conhecem? Se não, vale a pena dar uma conferida. A página do facebook tem mais de 200 mil acessos, e é atualizada todo santo dia, e toda hora! Sempre tem algo de novo para ver, é perfeito para aquelas horas que você procura inspiração (ou as horas de tédio também!).

http://www.zupi.com.br/

http://www.facebook.com/zupimag?fref=ts

 

Clara Lionie

Vanessa Bruno

E aí zentiii? Hoje eu vim aqui falar, sobre uma das minhas marcas preferida do mundo, a marca francesa, Vanessa Bruno. Já faz algum tempo que eu a conheci, e juro que a primeira vez que vi um dos videos produzidos por ela, lágrimas de sangue e emoção rolaram pela minha face, acho que nunca vi uma coisa tão linda e bem produzida gente. Na minha opinião o que essa marca vende tá muito longe de ser apenas roupa, não sei explicar direito o que é, mas tudo dela passa uma emoção e uma vida, que tocam a gente, como se cada roupa transmitisse um sentimento diferente.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Dêem uma olhada na coleção Spring-Summer 2013. Uma lindeza só.ImagemImagem

ImagemImagemImagem

O mais incrível da marca sem dúvidas são os videos, cada um mais lindo que o outro, são todos produzidos pela Stéphanie Di Giusto, uma diretora de arte bizarra (cês não tem noção do que essa muié consegue fazer). Vale muito a pena ver gente, não tenho nem palavras pra descrever o quanto são sensacionais.

Raiana Moraes

A família mais cool do mundo

Nós já fizemos um post aqui, mostrando pra vocês o video do casamento de James e  Aubrey, mas eu sou tão obcecada por essa família, que achei mais digno vir aqui e fazer um post inteirinho dedicado a ela. Toda essa minha obsessão, começou quando vi esse video do casamento deles, (eu simplismente nunca vi uma coisa tão cool e maravilhosa na minha vida) e a partir daí eu fiquei doente por todos os membros da sua família, e por eles inclusive. Eu preciso saber de tudo que eles tão fazendo, o que eles comem, o que eles não gostam, qual a cor preferida deles, os lugares que eles frequentam… não to brincando gente, eu virei uma loka stalker que persegue eles o tempo inteiro, praticamente eu nem tenho vida mais, minha vida se resume em saber o que acontece na vida deles.

Deixa eu explicar melhor, porque vocês não devem tá entendendo nada né? Então, a James é uma designer, que é casada com Aubrey, juntos eles criam 4 filhos e vivem lindos e felizes morando numa casinha muito amor e toda lindamente decorada, localizada no coração do Texas. Daí, ela (James), fez um blog para registrar como eles são cool, hipster e descolados, e matar a gente de inveja.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

ImagemImagemImagemImagem

Imagem

Imagem

O blog deles é esse aqui: http://bleubirdvintage.typepad.com/

Vocês também podem seguir eles no instagram, no twitter e no pinterest (caso você agora esteja obcecada por eles como eu).

twitter.com/bleubirdvintage

pinterest.com/bleubird

@bleubird

Raiana Moraes

Don’t Let Fashion Smoke You!

Imagem

ImagemImagemImagemFotos: Raiana Moraes

Are you smoking the cigarette or is the cigarette smoking you?

A moda é linda! Ela desperta constantemente o desejo em nós, nós faz querer ter coisas que não temos, fazer coisas que não fazemos, e ser pessoas que na verdade não somos. Quantas vezes você não viu uma roupa em uma loja e simplismente disse que preciava daquilo mais que tudo na sua vida ? Quantas vezes você não se sentiu gorda ? Quantas vezes você se sentiu mal vestida ? Deslocada ? Com a auto-estima baixa ? E quantas vezes você não passou fome pra ficar com o mesmo corpo da modelo na passarela ? E tudo isso aconteceu por causa de uma coisa chamada “ditadura da moda”, eu sei que muitos vão falar “Ah, isso é coisa do passado, hoje em dia a moda não dita nada, ela só nos oferece opções e cabe a nós aceita-las ou não.” Mas galera, pensem comigo, isso não é exatamente verdade! A moda mesmo depois de muitos anos, continua na base da ditadura, e a resposta disso está nas respostas das perguntas que eu fiz aí em cima. E tudo isso pra que ? Para que possamos fazer parte de um grupo que nem nós mesmos sabemos qual é, e principalmente sentir aquela sensação de saciedade sabe? Aquele prazer inesplicável, que só ela, a moda, é capaz de nós propiciar, e de nos tirar também. Não tem nada demais fazer algo que te dar prazer, mas e quando o prazer te causa dor? O prazer passa a não estar mais na coisa e sim no vício, e isso pode fazer com que percamos nossa racionalidade, podendo nos levar a uma séria desilução. Resumindo: A moda é linda PORRA NENHUMA, A MODA É UMA VADIA! E mesmo sabendo disso continuamos a deseja-la a cada dia mais, porque isso nos deixa mais feliz e sentir esse prazer é muito bom, se moda mata de verdade, just let me here to die!  Porque ou você aprende a fumar a moda, ou ela acaba fumando você. Então usem a moda gente, mas usem ela conscientemente, não deixem que ela venha e faça um estrago na vida de vocês, moda pode e deve ser dirvertido.

Explicação: Eu tive que escolher um produto para fotografar, então acabei escolhendo essa saia de tule azul. A Barbie na verdade só tá aí pra servir de “modelo” e representar o conceito. Na década de 60 aproximadamente, surgiu uma revista chamada “Barbie Magazine”, a sua função era obvia: Reproduzir a imagem da feminilidade, no intuito de despertar o desejo nas meninas, tornando-as perfeitas consumidoras, fazendo elas sonharem com aquela imagem ali posta diante delas. Basicamente ela servia como manual preparatório para as outras revistas que viriam mais tarde como, Seventeen, Elle e Vogue. Por isso que eu escolhi a Barbie para atuar nesse editorial, no corpo dela eu escrevi a frase “Fashion kills” e nos dois braços está escrito “kill me”, para deixar claro que ela não só tem ciencia do que a moda está fazendo com ela, como ela mesma dá o aval para que isso aconteça. E atrás a frase “Don’t let fashion smoke you” que intitula o editorial. Por isso também utilizei elementos como o maxi colar, que remete a escravidão, e o jogo de luzes para criar uma atmosfera meio macabra e ao mesmo tempo curiosa.

Falei bacarai né? Dei uma empolgadinha, eu acho, mas enfim, muita gente me pergunta o que eu faço na minha faculdade e assim, eu faço tanta coisa lá, que as vezes eu nem sei explicar direito, então vim mostrar pra vocês a minha G2 de fotografia do período passado, a proposta (se eu não engano) era fotografar um produto de vários angulos diferentes, variando na iluminação. Eu prometo que vou mostrar mais trabalhos meus aqui (só os legais e que e tenha tirado nota boa).

Raiana Moraes

Tattoo lovers: Erin Wasson

Tatuagem pra mim é um assunto muito particular, acho que ninguém deve ficar metendo o bedelho na do outro, nem ficar toda hora perguntando qual o significado que tem porque é muito chato ter que ficar explicando (hoje em dia eu bato cabelo na cara de quem me pergunta isso). Mas significados a parte, não podemos esquecer que tatuagem também tem um valor estético, então é normal a gente querer se inspirar vendo tatuagens bonitas. Tá, eu vou calar logo a boca, porque na verdade eu só vim aqui pra mostar pra vocês as tattoos da modelo Erin Wasson, olha gente, eu sou a-pai-xo-na-da pelas tatuagens dela, acho todas maravilhosas, se pudesse copiava igual e virava gemea.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

ImagemImagem

As que eu mais gosto são, o coração no braço, que parece um balão de coração na verdade, achei super fofinho, e o contorno de um passáro no antebraço (que simboliza o seu casamento), acho legal essa ideia de tatuar só o contorno da figura ao invés de fazer a figura por inteira. Ela também tem, tatuado no braço direito ”This heart will start a riot in me”, flechas e Imi Loa (significa “distant traveller” em havaíano) no braço esquerdo, shelter escrito nas costas, uma pena na costela, uma cruz bem pequena em cima do coração, um círculo e por aí vai. É difícil falar de todas as suas tatuagens, porque são MUITAS, mas já dá pra vocês terem uma ideia da lindeza que é, e espero ter inspirado vocês tanto quanto me inspiram.

Raiana Moraes